quarta-feira, novembro 17, 2010

VIAGEM PARA ARTHUR NOGUEIRA

Como já falei que uma das minhas preferências, viagem, pode ser para lugares naturais, longes, próximos, culturais ou etc. E foi o que fiz neste, argumentei com a minha atual chefe sobre a mudança do plantão e a mesma concordou, então fomos eu e minha mãe rumo a casa da minha prima Lau. Gosto dessa cidade por tudo, inclusive, porque ela e a família dela são um pouco da minha família que tenho em São Paulo. Pois temos mais duas primas que moram em Limeira e São Bernado dos Campos. Inicialmente, marquei de encontrar a minha mãe no terminal rodoviário do Tietê. Sinceramente, não consigo entender por mãe tem sindrome de proteção tão aguçado, pois tinha solicitado antecipadamente que ela só levasse o necessário. E quase surtei pois tive que carregar uma mala que mais parecia que iamos passar o mês todo na casa da parente e o pior, eu estava já com as minhas na minha mochila de rodinha, ou seja tive que puxar duas.

Explicação: Fico nervosa, pois a minha mãe tem problemas de coração, pressão e coluna e estando comigo longe dos olhos dos demais filhos. Ou seja, se acontecer algo é porque a filhinha queridinha, como dizem os meus manos (todos homens já casados), estou explorando a coitada.

Mas a nossa estadia foi tranquila, pois essa família é do bem, tem um clima familiar muito gostoso.
Dormi muito, engraçado eu falar isso, pois não sou do tipo que passo o dia todo durmindo, sou de cuidar da casa o tempo todo, dos meus livros, das tarefas, mas quando estou de folga durante a semana e posso dormir um pouco mais não tem preço. Acordo todos dos às 3:40 da madruga.
Conversei bastante com as minhas primas, contamos as novidades. Falei do meu estado de espírito aflitivo dos últimos tempos. A prima Lau me fez a relevação de um sonho que eu já tinha visto mas num outro panorama e segundo ela era um alerta porque eu ainda não sou protestante, mas já me sinto evangelizada, ou melhor no caminho. E não preciso professar a mesma religião para tal. Mas gostei de saber que outra pessoa estava no sonho e que possivelmente tinham outros familiares em meu auxílio.
Fiz novamente um tour pela cidade; eu e Mércia fomos a Expo Arthur 2010, simples mais gostei das coisas que vi. Me fez relembrar os momentos que eu tanto trabalhei no terceiro setor, com economia solidaria para mulheres e jovens, programas filantrópicos, mostras de artesanato, pena não ter cavalo para dar uma galopadas no estádio.

Fotos da cidade, dos animais, das plantas, das pessoas:





















Valeu por mais um momento de lazer com a minha mãe e familiares,
Muito grata a todos!!

3 comentários:

Afrodite disse...

Lindas as fotos!
Que bom que vc se divertiu!
Fico feliz em saber!
Amanhã te espero por lá!
Beijo!

eusoqueriadizer disse...

Eu sempre vou a Sâo Bernardo, meu namorado mora lá... Realmente é bem gostoso, por mais q seja região metropolitana ainda sim é interior! rs

Bjusss

analice disse...

Então meminas!!!
Agradeço sempre pela gentileza dos comentarios e apoio.
Eu amei alguns pontos de são bernado, claro que não conheci tudo.. amo o clima de interior, longe da muvuca paulista.
Sim, me divertir, coneversei, passei, comi muitas guloseimas, descansei... revi os meus ...