sábado, novembro 20, 2010

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA


Desde muito nova as questões sociais e raciais, assim como de genero, crianças, ambientais, etc me chavam atenção. Não tinha ciência do comprometimento e dos valores já acumulados no espírito, imaginava ser algo que até um determinado tempo em minha fase de criança ou juventude ser neura, ou esquisitice da pessoa aqui. Com o passar do tempo, com as vivências em grupos de apoio social aos jovens que possibilitou participação em grupos, conhecendo trabalhos de valorização à vida, as mulheres, as crianças e aos ambientes naturais me fizeram amadurecer ainda mais a posição de ter ciência, consenso das atitudes e posturas políticas no meu grupo social atuante, ou seja, em casa, na escola, no trabalho, nos cursos. Tem até alguns episódio marcantes, por exemplo, em que uma ex-chefe me disse que eu poderia abrir uma associação em defesa das prostitutas, pois não deixava falar mal na minha frente. E não é que seja a favor, mas é fácil jogar pedra, difícil mesmo tentar entender que isso acontece todos os dias porque ainda somos irresponsáveis na educação amorosa dos nossos filhos (não os tenho hoje) em geral (planetáriamente falando); estamos ainda sob leis transitórias etc. Então só analisar pelo meu olhar é perigoso. Na unversidade, os professores sempre me questionavam porque eu estava estudando uma área exata se eu tinha um argumento social tão bem definido e particiava de ações sociais tão arraigadas. E em verdade, não me afetava pois estava bem naquela busca e trabalho, me completava e outra nada me diz que precisava ser mente fechada para ser engenheira, ou que um médico precise ser materialista apenas para assumir a função. Muitas vezes ouço que que as ações afirmativas são privilégios, sinceramente em muitas vezes fui acodida por essas ações e sou grata por elas ainda existirem, claro que quando estivermos sobre as Leis Divinas isso não mais serão necessárias.

Por isso levanto a bandeira: Viva a Consciência Negra. E lá vai um breve informe sobre essa ação tão bela no Brasil.

É celebrado hoje, dia 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra.

A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte forçado de africanos para o solo brasileiro (1594).

Algumas entidades como o Movimento Negro (o maior do gênero no país) organizam palestras e eventos educativos, visando principalmente crianças negras. Procura-se evitar o desenvolvimento do auto-preconceito, ou seja, da inferiorização perante a sociedade.

Outros temas debatidos pela comunidade negra e que ganham evidência neste dia são: inserção do negro no mercado de trabalho, cotas universitárias, se há discriminação por parte da polícia, identificação de etnias, moda e beleza negra, etc.

O dia é celebrado desde a década de 1960, embora só tenha ampliado seus eventos nos últimos anos; até então, o movimento negro precisava se contentar com o dia 13 de maio, Abolição da Escravatura – comemoração que tem sido rejeitada por enfatizar muitas vezes a "generosidade" da Princesa Isabel.

fonte do texto e imagem: Google - wikipedia ,
http://www.impop.com.br/consciencia-negra/

7 comentários:

Afrodite disse...

Datas como essas terão que existir amiga,enquanto a humanidade(em especial os brasileiros!) não entenderem que apenas a casquinha(como dizemos lá na casa espírita) é que nos difere!
Nosso espírito é o mesmo!Não tem cor,raça,sexo...tudo isso é necessário para nosso desenvolvimento e aprendizagem em diversas oportunidades de conhecimento!
Um beijo!

Anna Rachel disse...

Olá Analice!!!
Estou passando para retribuir sua gentil visitinha em meu bloguito {Segredos da Anna} e te conhecer um pouco mais.
Adorei td q vi!!
Visitarei mtas outras vezes.
Grande abraço e excelente Domingo.

analice disse...

Muito obrigada!!!
Aqui estão um pouquinho dos meus pensamentos, medos, anseios... desejos... e descobertas..
tb gostei muito do seu... adorei o jeitinho, o designer!!!

analice disse...

Obrigada, afrodite... é verdader..

FRAM.. disse...

oi fofa...te vi num comentário de blog e vim te comheer..amei seu blog...beijocas

eusoqueriadizer disse...

Eeeeeeeeeeeeee
ótima celebração!!!
Não devemos fazer com q o sofrimento de milhões de pessoas passe em branco!!!

Bjusss

analice disse...

Ola... grata pela visita... o que achou do texto? belo heim!!! são impressoes sobre a vida social... e a busca pela auto transformações