quinta-feira, novembro 11, 2010

GOSTO MUITO DE TUDO ISSO 4 - FLORESTA - JARDINAGEM - PAISAGISMO


Desde criança eu tenho contato com ambientais naturais, morei longos anos ao lado de uma floresta pertecente a base área do Recife. E os meus avôs e tios moram na zona rural de Pernambuco - Engenho Belo Jardim ou noutro dentro da fazenda Conceição - Na divisa entre Pernambuco e Alagoas. Como já falei acredito eu, sempre fui preocupada com as questões ambientais, com uso exagerado dos recursos, era e sou ligada a vegetação, mas nunca me passou pela cabeça em abraçar um profissão neste campo. Contudo, com o passar o do tempo, veio a oportunidade de vestibular, pois já estava no último ano do colegial. Foi quando uma amiga do curso de linguas francesas iniciou o curso de engenharia florestal pela UFRPE, nos falava muito bem dele e da possibilidade de relacionar depois com a formação em arquitetura, podendo assim ter uma formação em paisagismo.
Quando fiz o vestibular imaginei que não iria passar, pois tinha o peso de uma FEDERAL, de um curso que exigia matemática e muitas outras disciplinas no ramo das exatas. Mas fui eu, passei e ingressei já primeira chamada. Quando entrei para estudar sonhava em me especializar em (fitopatologia) doenças de plantas e como solucionar tais problemas num plantio ou praças e jardins.
Mas com o passar do tempo, fui me envolvendo em pesquisas paralelas de conservação, educação ambiental, questões socio - ambientais e sendo influenciada pelo fato de que o professor responsável pela cadeira era muito estranho (a primeira vista preconceituosa), depois de ter vários anos de conhecimento e vivência nas questões ambientais, conheci o professor Silmar (responsável por essa cadeira de fitopatologia ), uma pessoa generosa, tímida, delicada, super inteligente, sempre corrigia os meus artigos, me dava forças, tinhamos conversas de amigo sempre, fala das suas infortunias na busca por emprego fora da academia (Universidade). Inclusive, me alertou que talvez o meu potencial não fosse direcionado para ao mercado externo, embora eu não pensasse dessa forma.
Depois da formação em engenharia florestal, possuo também agora formação especializada em jardinagem, em recursos paisagísticos, então hoje além de manejar florestas sei também manejar os recursos na jardinagem ou na paisagem desde o preparo até a colheta e beneficiamento das plantas, formas, conjunto etc.

Elas são terapias em minha vida. Adoro presentear flores, plantas, semdo assim, um modo de dar uma coisa com a minha impressão. E ter um jardim ainda é sonho desde criança. Manter um belo jardim em casa, inclusive até já iniciei um na casa da minha mãe em Recife, mas não consegui fazer o acompanhamento, pois vim morar e trabalhar aqui em São Paulo, mas ainda o tenho na minha lista de desejos materiais. Contudo, mesmo morando em apartamentos e com outras pessoas que nem sempre gostavam de plantas já cultivava vasos e ainda os tenho.

3 comentários:

Afrodite disse...

Lindas flores!
E que cara séria é aquela??
Quisera eu ter oportunidade de fazer jardinagem.
Pra isso é primeiro necessário um jardim,né?
Aqui só tenho cimento,nesse apartamento...
Quem sabe um dia..
Beijo!

Afrodite disse...

Ué?
Cadê o meu comnentário??
rs..rs...rs...
Sumiu?

analice disse...

Então, eu peço desculpas mas o comentarios sao moderados ... pois ja sofri com alguns indesejados... e por isso demora um pouco em responder... eu amo isso tudo desde pequenina... e ter um é fundamental para demonstrarmos a nosso potencial.... é exemplificar sempre..